Salmo

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

A corda que não arrebenta

 
O cordão de três dobras não se quebra tão depressa (Eclesiastes 4:12).
A corda que não arrebenta
Há alguns anos, foi publicado um livro em inglês que contava a história do primeiro grupo de alpinistas que conseguiu escalar o monte Matterhorn, na Suíça.
Sete alpinistas alcançaram o topo. Podemos imaginar o que sentiram quando chegaram ao cume coberto de neve onde jamais ninguém havia pisado. Mas então veio a perigosa descida e com ela a tragédia.
Um alpinista escorregou e levou outro que estava atado à mesma corda. O solavanco puxou um terceiro e o quarto caiu de joelhos. O que o quinto membro da equipe poderia fazer nessa situação? Ele era o guia, e foi bem sucedido ao prender a corda numa fenda da rocha e pressionar o pé contra ela. A corda esticou e os alpinistas ficaram pendurados. Por causa do peso, a corda se partiu e os quatro homens despencaram para a morte.
É o destino de todos despencarem para a morte, isto é, morrerem. Tudo o que nos mantém atados a esta vida se partirá: os laços de relacionamento, os laços de amor, os laços familiares.
Mas existe uma corda que jamais se quebra! A corda da fé que nos prende a Jesus Cristo. Quem desfruta desse relacionamento com Ele pode andar confiantemente até mesmo na beira dos terríveis precipícios nos quais a vida nos coloca.
Essa corda divina nos preserva nesta vida e é tão forte que nem a morte pode rompê-la.

2 comentários:

Genilda Silva disse...

Muito forte esta mensagem. Temos acesso ao Senhor através da fé, porque sem fé é impossível agradá-lo.
http://princesas-de-deus.blogspot.com/

Queiixo disse...

qer parceria?
http://cleidisonsantos.blogspot.com/