Salmo

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

experimentando o amor de Deus

Experimentar o amor de Deus, e não apenas pensar sobre este amor, é algo que devemos desejar com todo o coração. É uma experiência de grande alegria porque nela provamos a própria realidade de Deus e de seu amor. É o fundamento de profunda e maravilhosa segurança — a segurança de que nossa esperança “não confunde” (Rm 5.5). Esta segurança nos ajuda a nos gloriarmos “na esperança da glória de Deus” (Rm 5.2); e nos conduz através das intensas provas de nossa fé. 
Esta experiência do amor de Deus é a mesma para todos os crentes? Não. Se todos os crentes tivessem a mesma experiência do amor de Deus, Paulo não teria orado em favor dos crentes de Éfeso: “A fim de poderdes compreender, com todos os santos, qual é a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade e conhecer o amor de Cristo, que excede todo entendimento, para que sejais tomados de toda a plenitude de Deus” (Ef 3.18,19). Ele pediu isto porque alguns (ou todos!) eram deficientes em sua experiência do amor de Deus, em Cristo. E podemos supor que não somos todos deficientes na mesma medida em que o eram os crentes de Éfeso.
Como podemos alcançar a plenitude da experiência do amor de Deus, derramado em nosso coração pelo Espírito Santo? Uma das chaves para isso é compreendermos que esta experiência não é semelhante à hipnose, ao choque elétrico, às alucinações induzidas por drogas ou uma boa medida de calafrios. Pelo contrário, tal experiência é mediada pelo conhecimento. Não é o mesmo que conhecimento, mas vem por meio deste. Expressando-o de outra maneira, esta experiência do amor de Deus é obra do Espírito Santo dando-nos gozo indizível em resposta às percepções da mente a respeito da manifestação desse amor na pessoa de Jesus Cristo. Deste modo, Cristo recebe a glória pelo gozo que desfrutamos. É um gozo naquilo que vemos nEle.
Onde você pode ver isto nas Escrituras? Considere 1 Pedro 1.8: “A quem, não havendo visto, amais; no qual, não vendo agora, mas crendo, exultais com alegria indizível e cheia de glória”. Aqui temos uma experiência de grande e indescritível gozo — um gozo além de quaisquer palavras. Não se fundamenta em uma visão física de Cristo. Está fundamentada em crer em Cristo. Ele é o foco e o conteúdo da mente neste gozo indescritível.
De fato, 1 Pedro 1.6 afirma que o gozo, em si mesmo, está “na” verdade que Pedro está declarando sobre a pessoa de Cristo — “Nisso exultais”. Ao que se refere o termo “isso”? À verdade de que:
1) em sua grande misericórdia, Deus “nos regenerou para uma viva esperança, mediante a ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos” (v. 3);
2) obteremos “uma herança incorruptível, sem mácula, imarcescível” (v. 4); e
3) somos “guardados pelo poder de Deus, mediante a fé, para a salvação preparada para revelar-se no último tempo” (v. 5). Em tudo isso, exultamos “com alegria indizível e cheia de glória” (v. 8).
Sabemos algumas verdades. E nos regozijamos nisso! A experiência de uma alegria indizível é uma experiência mediada. Ela vem por intermédio do conhecimento de Cristo e de sua obra. Tal experiência possui um conteúdo.
Considere também Gálatas 3.5: “Aquele, pois, que vos concede o Espírito e que opera milagres entre vós, porventura, o faz pelas obras da lei ou pela pregação da fé?” Sabemos, com base em Romanos 5.5, que a experiência do amor de Deus acontece por meio do “Espírito Santo, que nos foi outorgado”. Mas Gálatas 3.5 nos diz que a concessão do Espírito tem conteúdo. Ela se realiza por meio da “pregação da fé”. Há duas coisas: a pregação e a fé. Existe a pregação da verdade a respeito de Cristo e a fé nessa verdade. É desta maneira que o Espírito é concedido. Ele vem por meio de conhecer e crer. A obra dEle é uma obra mediada. Tem conteúdo mental. Acautele-se de buscar o Espírito com esvaziamento de sua mente.
De modo semelhante, Romanos 15.13 afirma que o Deus da esperança nos enche com alegria e paz, “no crer”. E o crer tem conteúdo. O amor de Deus é experimentado em conhecermos e crermos em Cristo, porque Romanos 8.39 diz que o amor de Deus “está em Cristo Jesus, nosso Senhor”. Nada poderá “separar-nos do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor”.
Portanto, faça quatro coisas: olhe, ore, renuncie e desfrute.
1. Olhe para Jesus. Considere a Jesus Cristo. Medite na glória e na obra dEle, não de modo casual, e sim intencional. Pense sobre as promessas que Ele fez e assegurou por meio de sua morte e ressurreição.
2. Ore para que Deus abra seus olhos, a fim de contemplarem as maravilhas do amor dEle nestas coisas.
3. Renuncie todas as atitudes e comportamentos que contradizem esta demonstração do amor de Cristo por você.
4. Desfrute a experiência do amor de Deus derramado em seu coração, pelo Espírito Santo.

Angustiado estressado

Angustiado estressado!!! Que eu faço?

 
 
Por André Sanchez
Deus é o criador dessa máquina chamada corpo humano. Ele sabe exatamente como ela funciona, o que é bom e o que é ruim para ela. Por isso, a Bíblia, que é a palavra de Deus, está recheada de conselhos de Deus para o cuidado de nossa vida. Dentre os vários conselhos encontrados, quero destacar versículos especiais que Deus dedica na orientação sobre o cuidado com a nossa mente e coração, especialmente no que diz respeito à ansiedade, ao estresse e derivados.

Usando um mandamento Deus mostra que devemos lutar contra a ansiedade: “Não andeis ansiosos de coisa alguma” (Filipenses 4.6). Se o versículo terminasse aqui certamente estaríamos em maus lençóis, pois a ansiedade, o estresse, e os seus derivados, em certos momentos, parecem ser gigantes intransponíveis para nós. Deus, no entanto, vai além e nos mostra como usar o Seu antídoto.
“em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças.” (Fp 4.6). O antídoto de Deus para lutarmos contra a ansiedade é a oração da fé. Colocamos em oração na presença de Deus tudo que nos causa temor, dor, dificuldade, desconforto, ansiedade, estresse. Quando o texto diz “com ações de graças” significa que já agradecemos antes mesmo de receber, crendo que Deus cuidará da melhor forma das nossas demandas. Descansamos!
Outro texto esclarece essa questão muito bem: “Humilhai-vos, portanto, sob a poderosa mão de Deus, para que ele, em tempo oportuno, vos exalte, lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.” (1 Pedro 5.6). Quando nos humilhamos na presença poderosa de Deus, reconhecemos nossa pequenez e a grandeza do cuidado do Pai. Lançamos as ansiedades perante Ele e descansamos, na confiança de que Ele nos ajudará a sermos vitoriosos. É a oração da fé. Descansamos!
O resultado da oração da fé é surpreendente, fantástico! Deus garante saúde à nossa mente e coração por meio da paz [da paz vinda diretamente Dele], que é o oposto da agitação, da ansiedade, do estresse. A paz de Deus colocará em equilíbrio o nosso desequilíbrio: “E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus.” (Fp 4.7)
É evidente que as atitudes mostradas acima não devem nos levar a cruzar os braços e a não fazer nada, apenas esperando que Deus resolva tudo. Isso não existe! Deus fará a parte Dele e nós devemos fazer aquilo que está ao nosso alcance. As situações se resolverão com um cooperação nós/Deus. É assim que deve ser. É assim que Deus promoverá a atuação da Sua paz sobre nós. Por isso, a Bíblia, na continuação do verso indica:
“Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento.” (Fp 4.7)
Um esforço no cuidado e na manutenção da saúde da mente e coração é uma lição de casa que devemos fazer todos os dias. Fazemos a nossa parte e Deus faz a Dele. Aliado a isso, devemos também lembrar que a vida é mais ampla que mente e coração. Devemos cuidar também da alimentação, fazer exercícios físicos, evitar vícios, etc. Tudo isso coopera para um organismo equilibrado, livre do estresse e da ansiedade.

Superando obtaculos

A vida coloca em nossos destinos pessoas e obstáculos. A cada obstáculo uma surpresa, as vezes estas surpresas são desagradáveis. Basta saber lidar com esta situação e daremos a volta por cima.

As pessoas que passam pelo nosso caminho deixam marcas. Algumas deixam marcas inesquecíveis e agradáveis de se lembrar. Já outras deixam marcas de dor e sofrimento, mas é só encará-las de frente.

Superar situações é sinal de força e coragem. Mas às vezes começamos a nos decepcionar sem tentar superá-las. Nos damos por vencidos, mas levante a cabeça e encare todas elas com justiça e sabedoria.

Às vezes pensamos em desistir de tudo e de todos, e nos entregar de corpo e alma a uma pessoa. Mas pense bem, será que esta pessoa merece todo este sacrificio? Não haja por impulso, sempre pare, pense e reflita, com calma, justiça e sabedoria.

Não deixe de lutar pelos seus ideais e pro tudo aquilo que você acha que é o certo a fazer. Nunca magoe uma pessoa, pois depois você pode ser magoado. Nunca deixe a inveja, mentira e ambição tomarem conta de você, lute contra as coisas que vão causar dor e sofrimento.

Lembre-se sempre a vida é para ser vivida com cuidado e sabedoria. Aproveite para fazer as pazes com as pessoas que você teve algum desentendimento. Nunca esqueça que você é a peça fundamental para fazer um mundo melhor para se viver.

E a vida também é construída por você, então à construa da melhor maneira possível e não deixando imperfeições.

Vitória



Corrida para a Vitória
{"uid":3,"hostPeerName":"http://www.mundodasmensagens.com","initialGeometry":"{\"windowCoords_t\":0,\"windowCoords_r\":1226,\"windowCoords_b\":728,\"windowCoords_l\":-6,\"frameCoords_t\":1888,\"frameCoords_r\":868.5,\"frameCoords_b\":2138,\"frameCoords_l\":568.5,\"styleZIndex\":\"auto\",\"allowedExpansion_t\":0,\"allowedExpansion_r\":0,\"allowedExpansion_b\":0,\"allowedExpansion_l\":0,\"xInView\":0,\"yInView\":0}","permissions":"{\"expandByOverlay\":true,\"expandByPush\":false,\"readCookie\":false,\"writeCookie\":false}","metadata":"{\"shared\":{\"sf_ver\":\"1-0-1\",\"ck_on\":1,\"flash_ver\":\"16.0.0\"}}","reportCreativeGeometry":false}" scrolling="no" marginwidth="0" marginheight="0" width="300" height="250" data-is-safeframe="true" style="margin: 0px; padding: 0px; border-width: 0px; outline: 0px; font-size: 13.3333320617676px; vertical-align: bottom; background: transparent;">
Qual é o maior sonho de um atleta? Ser o vencedor e subir no pódio! Não creio que exista algum atleta que não tenha esse sonho. Mas para chegar lá há um longo caminho a seguir. Ninguém nasce vencedor. Essa caminhada envolve muito esforço e dedicação.

Numa competição há muitos atletas, mas um só será o vencedor: aquele que conseguir ter a melhor performance de todos os concorrentes na sua modalidade. O atleta precisa, em primeiro lugar, ter o alvo bem focado e observar todas as regras. Nada pode tirar essa concentração. Qualquer deslize pode ser fatal. Fatores importantes a serem observados são: alimentação, descanso, preparo físico, treino, muita vontade de vencer, etc... Isso não é fácil e há muitos obstáculos a serem vencidos. Quantos atletas já sucumbiram por algum detalhe?

A grande verdade é que nossa vida também é uma corrida. A diferença é que essa corrida não é só para um vencedor, mas todos podem vencer. E todos que vencerem receberão um prêmio muito superior ao que um atleta pode ganhar numa competição. A Bíblia diz em 1 Coríntios 9.24-25: “Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis. Todo atleta em tudo se domina; aqueles, para a alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, a incorruptível”. No que consiste essa corrida e qual é a vitória? O apóstolo Paulo diz em Filipenses 3.7-10: “Mas o que, para mim, era lucro, isto considerei perda por causa de Cristo. Sim, deveras considero tudo como perda, por causa da sublimidade do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; por amor do qual perdi todas as coisas e as considero como refugo, para ganhar a Cristo e ser achado nele, não tendo justiça própria, que procede de lei, senão a que é mediante a fé em Cristo... para o conhecer, e o poder da sua ressurreição...” Ele nos mostra que vale a pena correr, mas que deve ser da maneira certa. Não por força própria, por boas obras, mas sim pela fé em Cristo. Também afirma em Filipenses 3.12: “Não que eu o tenha já recebido ou tenha já obtido a perfeição; mas prossigo para conquistar aquilo para o que também fui conquistado por Cristo Jesus”. Em outras palavras: não estamos correndo sozinhos e não somos os primeiros. Jesus Cristo já correu e venceu por nós quando deu Sua vida na cruz. Ali ele conquistou o prêmio da vida eterna para nós.

Talvez você seja como um atleta que corre sem rumo ou fora das regras da competição. Neste exato momento você tem a oportunidade de mudar. Entregue sua vida a Jesus, inscreva-se em Sua equipe, corra com os recursos que Ele providenciou para você, e Ele transformará a sua vida, e lhe dará o prêmio da vida eterna. Deus quer que você vença! Lemos em João 10.10: “Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância”. Para conhecer mais do amor de Jesus e tudo que Ele fez por você, leia a Bíblia!

(Markus Steiger)
(A Jesus)

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Agradecidos pela vitória

 
Agradecidos pela vitória

Com é bom sentir a presença de Deus na nossa vida, saber que Ele está sempre ao nosso lado nos amparando com a sua mão divina! Mesmo quando nos sentimos sozinhos e perdidos, o Senhor está conosco, mostrando a direção certa para seguirmos pelo melhor caminho!

Somos seres vitoriosos pelo simples fato de estarmos vivos, por ganharmos uma nova oportunidade todos os dias de conquistar algo novo e de procurar ser melhor em todos os sentidos. Sou muito agradecido por todas as vitórias que já alcancei na minha vida, das mais difíceis àquelas mais simples, que conquistamos todos os dias.

A cada vitória me sinto mais vivo, mais abençoado, mais amado e ainda mais protegido. A cada vitória tenho mais certeza que as próximas batalhas também serão vencidas, o medo já não mais um obstáculo e por isso o meu Deus me deixa sempre muito agradecido!

Obrigada senhor por ser a força que nos sustenta

 
 
 
 
 
  
 
 
 
 
 
“se tomo as asas da alvorada e me detenho nos confins dos mares,
ainda lá me haverá de guiar a tua mão, e a tua destra me susterá”.
    -- Salmos 139:9-10

PENSAMENTO:
   Presumo que para aquelas pessoas que estão em lugares que não
deveriam estar, a presença constante de Deus possa ser um tanto
quanto amedrontante. Mas, eu acho grande conforto em saber que não
importa aonde eu for, do momento da minha concepção até a minha
morte, Deus está sempre presente. Ele está presente para me guiar e
suster. Até quando estou em lugar que não deveria, fazendo o que
não deveria, Ele está comigo. Posso voltar a Ele em arrependimento
e receber a sua graça. Posso contar com Ele quando estou
necessitado, e Ele me dá força. Posso sempre me chegar a Ele, e não
estou sozinho.

ORAÇÃO:
   Obrigado, Pai, por me amar e me conhecer pessoalmente. Obrigado
por não ter que passar nenhum dia sem o Senhor. Obrigado por saber
que nunca terei que enfrentar minhas lutas sozinho. Obrigado por
ser a força que me sustém quando não tenho a força para continuar.
Obrigado porque ao amanhecer estarei com o Senhor apesar do que
passei durante a noite. No nome de Jesus eu oro. 
http://www.iluminalma.com

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

O poder da obediência

                               

  O poder da obediência


Alegrem-se, porem, os justos! Exultem diante de Deus!  Rigozijem-se com grande alegre!   
                                                                                                                sl. 68:3



A verdadeira alegria não é fugaz nem dependente das nossas circunstâncias. Apesar de o mundo parecer ter a intenção de esmagar nossa alegria, nós podemos aprender  a orar com força para ter mais alegria em nossa vida. Tudo começa com um pedido.
 "Esta é a confiança que temos ao nos aproximarmos de Deus", escreveu o apóstolo João em  I João
5:14,15, " se pedirmos alguma coisa de acordo com a vontade de Deus, ele nos ouvirá. E se sabemos que ele nos ouve em tudo o que pedimos, sabemos que temos o que dele pedimos".
  Louvamos e agradecendo a Deus- por quem  ele é e tudo que eele fez - irá fazer com que qualquer dia duro melhore. "O Senhor é a minha força e meu escudo, neleo meu coração confia, e dele  recebo
ajuda. Meus coração exulta de alegria, com o meu cântico lhe darei graças.
A alegria de conhecer Jesus. Devolve-me a alegria da tua salvação  e sustenta-me com um espírito pronto obedecer. Sl 51:12